Importância e benefícios de uma intervenção em ABA: Entrevista a Dr.ª María Gutierrez do CIEL

 

 A Dr.ª María Gutierrez é atualmente supervisora do CIEL, Centro de Investigación y Enseñanza del Lenguage, em Oviedo, Espanha, e uma das consultoras em Análise Comportamental Aplicada (ABA, Applied Behavior Analysis) e Comportamento Verbal (CV) da Mima Mais.  É licenciada em Psicologia pela Universidade de Oviedo e mestre em  Prática Clínica pela Asociación Española de Psicología Clínica Cognitivo-Conductual (AEPCCC). 

Em entrevista para a secção de Notícias da Mima Mais, a Dr.ª María vem-nos falar acerca da importância e benefícios de uma intervenção em ABA. 

 

O que é a Análise Comportamental Aplicada?

A ABA é um ramo das ciências do comportamento dedicado a produzir melhorias socialmente importantes e estabelecer novas relações de conduta-ambiente e operantes de ordem superior do comportamento humano, através da aplicação sistemática de princípios, práticas e resultados de investigações científicas consequentes tanto da análise básica como da aplicada do comportamento. 

Uma intervenção em ABA pressupõe: 

  • A medição constante e repetida como parte do contato contínuo com os resultados do comportamento; 
  • A identificação das relações funcionais ou concomitantes entre o comportamento e as táticas de instrução baseadas na investigação, protocolos ou intervenções sistemáticas; 
  • A análise sistemática da aprendizagem ou problemas de execução quando as intervenções não obtêm sucesso. 

 

Em quê é que se diferencia uma intervenção em ABA? 

A sua própria definição já a diferencia de qualquer outro tipo de intervenção: é uma ciência, produz melhorias socialmente significativas através da avaliação do repertório de competências de cada indivíduo (as competências que não possui e que são essenciais para a aprendizagem de outras mais complexas, serão treinadas na terapia) e a eficácia dos programas implementados pode ser avaliada graças a medição constante e repetida de todos os comportamentos.

Trata-se então de uma terapia objetiva que assenta em resultados observáveis e mensuráveis e que permite a realização de alterações, caso seja necessário. Neste sentido, a aprendizagem e a efetividade da mesma são mensuráveis. Além disto, a ABA é a única intervenção que se tem demonstrado eficaz cientificamente no tratamento das perturbações do espetro do autismo e outras perturbações do desenvolvimento, como a hiperatividade, problemas de comportamento, dificuldades de aprendizagem, entre outros. 

 

As intervenções terapêuticas que se baseiam na ABA têm bastante sucesso. Porquê?

 Uma intervenção em ABA é efetiva porque o objetivo primordial é o ensino de comportamentos pré-requisitos para que a criança comece a aprender sozinha. É realizada uma avaliação do seu desempenho nas distintas áreas do desenvolvimento e, a partir desse nível, é preparado um programa de intervenção individualizado. O ensino é feito muito passo-a-passo através do programa de intervenção individualizado e, somente quando a criança aprende um passo (uma competência pré-requisita) em concreto é que se passa para outro passo mais complexo. Para favorecer a aprendizagem, são dadas à criança todas as ajudas necessárias para que consiga concretizar a aquisição dessa competência e, logo de seguida, estas são retiradas gradualmente para que consiga aprender sem as mesmas. 

Resumindo, a ABA é efetiva porque: 

  • As respostas a todas as instruções são mensuráveis e se representam graficamente de uma forma fiável e científica; 
  • A aplicação das táticas pedagógicas é individualizada e baseada na avaliação contínua do progresso da criança; 
  • As táticas implementadas já foram validadas em investigações e estão documentadas na comunidade científica; 
  • As intervenções são supervisionadas de maneira contínua por experts em ABA; 
  • A intervenção é intensiva; 
  • O programa de intervenção é global e baseia-se nos princípios da aprendizagem. 

 

O que é o Comportamento Verbal? 

É o comportamento cujo reforço é mediado por outra pessoa. Remete para a função da linguagem, definida como o efeito que o falante tem sobre o indivíduo que escuta, e deriva da ciência do comportamento e das suas aplicações. A análise do CV é um subcampo da análise básica e aplicada do comportamento dedicado a identificar e investigar origens e procedimentos de ensino que produzem repertórios verbais funcionais quando estes estão ausentes. 

 

A Dr.ª Gladys Williams, diretora do CIEL, criou o Currículo do Comportamento Verbal (VBC, Curriculo de Conducta Verbal). Em que consiste este currículo? 

É a nossa ferramenta principal de trabalho. O VBC é um programa completo para o ensino de crianças que apresentem dificuldades ou défices nas competências sociais, linguísticas ou cognitivas, e que se encontrem em risco de atrasar o seu desenvolvimento. O VBC resulta de mais de 20 anos de investigação e trabalho aplicado com crianças com a perturbação do espetro do autismo. O VBC inclui uma descrição completa dos objetivos a curto e a longo prazo e permite aos seus utilizadores alcançar as metas com orientação e organização. Nele encontram-se os procedimentos de forma detalhada e a classificação para compor, combinar e desenvolver competências complexas.

 

A Dr.ª María reúne-se mensalmente via Skype com a equipa da Mima Mais com o intuito de se discutirem os programas terapêuticos. O CIEL promove a aprendizagem baseada na ABA e são especialistas no comportamento verbal. Pode ver mais informações aqui. Pode também adquirir o VBC aqui.